46 ideias sobre “MotorHome Invel

  1. A maioria que vi (não foram muitos) eram com motor VW a ar ou o AP a diesel,nunca vi com motor de 6 cil,alguns adaptaram motor de santana.

    Alem de feio deve ser bem lento isso ai

    • O com mecânica GM (sobre D10/D20, e variações desses) eram bem diferentes, inclusive em corpo. Esse dai é um veículo fantástico para quem vende caldo de cana. Em Curitiba já vi uns 3 ou quatro com essa finalidade.

  2. 6 cil realmente eu nunca ouvi falar que tenha tido versão deste microônibus.a invel foi mais uma das empresas brasileiras que tinham tudo para dar certo mas que por algum infortúnio político não foi à frente.
    muitas destas ”belezocas” são vistas como ”barraquinha de cachorro-quente” ou transporte de missionários de igrejas que não tem muitas condições de comprar uma kombi ou uma van mais nova, como motorhome realmente é um uso bem raro mesmo!tem mais fotos do micro?

    • Invel era uma divisão da Marcopolo S/A. Naquele tempo era mais raro vender micro-ônibus. Recentemente eles retomaram esse mercado de “nano ônibus” com a Volare.
      Se você for ver, volare é um micrinho sobre chassis agrale, motorizado com motor Sprint (os mesmos usados em pickups).

  3. Já vi alguns desses rodando aqui em Porto ALegre. Via com frequência um bege, com motor VW diesel e era bem bonito, com calotas e muito conservado. Via um branco bem detonado carregado de frutas e verduras e com um megafone em cima.
    Vi um certa vez que estava à venda e que tinha mecânica da Variant II. Esse devia sofrer pra sair do lugar.

  4. Na década de 80, quando era criança, eu via muitos desses aqui em Sâo Paulo, principalmente fazendo transporte escolar, fez algum sucesso por ser maior que a Kombi e conseguir transportar mais crianças, mas a mecânica deles era de Kombi Diesel. Fazia muitos anos que não via um desse, sempre achei feio essa bagaça!!!

  5. A plataforma deles também é a mesma da Kombi. Essas merdas não andavam porra nenhuma, faziam mais barulho do andavam, fora a fumaça preta de diesel que eles soltavam e que empestiava tudo.

  6. Eu também nunca tinha visto uma dessas. Me lembrei do Cheech e Chong. Prefiro uma Kombosa antigona. Belíssima imagem. Vi (vendo) e conhecendo.

  7. Porra, que troço bizarro!!!

    Se botar um motor potente, 6 canecos como falaram ai encima, é capaz do carro explodir.

    Puta bicho feio.

    Parece uma caixa de sapato. E pior é que parece ser feito de papelão.

  8. Quem tiver um desses todo originalzinho, dará um colecionável interessante até. Pena nossos encontros não contarem com mais raridades desse tipo. Sinto falta de mais caminhões, ônibus e jardineiras nos eventos de antigos.

  9. Tenho um desses. O modelo é MICROBUS. O com motor 6 cilindros ou Q20B (Diesel) é o Chevrobus e tem Plataforma do D40. Já vi um com chassis da F4000 também.
    A Invel virou Marcopolo, não sumiu não.
    Abraço

    • Dessa eu não sabia!Jurava que a Invel fosse mais uma das iniciativas nacionais que foram lapidadas por conta de política ou que não vingaram por não conseguir ganhar a briga com as multinacionais do setor automotivo.

      • Na verdade em ônibus a coisa se inverte. Quem bateu em retirada foi a Mercedes-Benz com seus monoblocos.
        Eles tinham 3 versões de bancadas (leito, convencional e executiva (que eu nunca vi)), podia optar por colocar um banheiro, porta-pacotes fechado e ar condicionado.
        Parecia catalogo que mostram pras pessoas nas concessionarias e elas acabam levando pra casa um carro do patio que já tá pronto.
        As encarroçadoras brasileiras ofereciam ônibus de aluminio (em vez de aço que a mercedes vendia). Embora mais caros, o veiculo era feito com configurações personalizadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *