12 thoughts on “Fiat Tempra. Ricardo. S. Paulo, Capital

    • Idem! Este está em uma situação bem complicada. Nem sei como foi parar ai. Será que alguém escondeu depois de utiliza-lo com intuito criminoso? Tempra era “carro de fuga” devido a grande velocidade que alcançava pela sua relação peso x potência. Muitos bandidos roubavam esse modelo com este intuito.

  1. Não consegui identificar um carro aí, mas se tiver algum deve tá só no osso. É carro pra quem gosta, manutenção não é barata, e não é qualquer um que consegue manter, mas é um ótimo carro, do tempo que ainda se fazia carro resistente.

  2. Nossa, será que o dono escondeu pro banco não vir com busca e apreenção por falta de pagamento, olha que conheço casos assim, inclusive de tempra, onde no caso o cara levantou uma parede na frente do carro, o lacrando literalmente.

  3. Infelizmente, devido ao baixo valor de mercado, peças caras e manutenção meio chata, além de alguns problemas crônicos, como da suspensão e aquecimento, e a má fama, fazem do tempra, tipo e marea, micos e bombas certas.
    Muita coisa dita é mito, porém o baixo valor de mercado é fato, e os carros manolizados e mal tratados são muitos. O da foto, dificil de identificar, está largado no meio do mato, aparentemente muito tempo, e pelas rodas pode ser um stile turbo, mas duvido que volte, acredito ser apenas doador e prensa!
    Eu teria um, mas não esse….aqui onde trabalho, teve um 95/96, 2.0 8v, versão comum preto, não tinha nem 100.000 km ainda, enquanto estava com a gente andou bem, tinha que ver a água todos os dias, e a suspensão é um pouco fragil mesmo, mas era um carro gostoso, funciona tudo, menos o ar….ai passaram ele para um outro setor, nego só queria andar, bateu o paralamas, levou sacos de cimento dentro, não só no porta malas, mas dentro mesmo, tijolos, carregou peão todo sujo dentro do carro, além de nunca mandar lavar, parecia um chiqueiro dentro, fedia, o carpete cinza, ficou marrom, e ai ele deixou o carro ferver, arrumaram na primeira, ferveu de novo, e pifou o comutador, ai arrumaram, e por fim fundiu o motor. O carro está lá parado há meses, com 106.000 km, motor travado, batido no paralamas, pintura queimada, e ótimo por dentro (somente um chiqueiro de sujo), bancos zerados, funcionado tudo ainda. Quebraram somente o difusor de ar central. Dá dó, me disseram que não vão arrumar, pois não compensa, e que vai a leilão!

  4. Só consegui identificar o carro depois de ampliar a foto. Deve ter sido abandonado aí devido inúmeros problemas mecânicos que acontecem em carros sem manutenção adequada. Pode prensar sem dó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *