18 thoughts on “Alfa Romeo 2300, by Manoel, Itaju-SP

  1. Essa grade parece ser artesanal, feita em casa mesmo, não acho que ficou tão ruim, e esses para choque e polainas são da linha gol 1980-1986, não sabia que serviam no alfa, na falta dos originais até que ficou bom

  2. q é isso? um alfa charger ou um charger romeo? alfa xunada…

    o cara queria um dodge charger ou um mercury cougar e fez isso…

    q esta escrito do lado dela ? rumo o q ?

    cada uma….

  3. De Alfa não tem quase nada, deve ter caido em mão erradas, muito descaracterizado, não duvido que já não tenha motor de Opala 4 cilindros, esses piscas são horríveis!!

  4. triste fim pra um carro q foi top de linha…

    quem sabe em 2025 ou até antes veremos um azera desse jeito tb…

    • Não, caro Marcelo … rs
      Um Azera no tempo não chega a 2025 …
      Talvez vejamos os restos do plastico e algumas sucatas em 2018 …
      mais que isso já estará integrado dissolvido junto à natureza, assim como tantos outros plasimobiles-autobiodegradáveis … rs

  5. Já tá até com o número do demolicar pintado no vidro….e fazer funcionar, destruir na corrida de demolição e depois moer os restos estraçalhados na prensa e no moedor de sucata….R$0,19 o quilo para tal fim e dou um jeito de ir buscar em Itaju/SP, perto de Bariri, Ibitinga e Arealva…

    • isto é verdade bem no centro do estado de Sp ele esta cheio de bpropaganda politica e não é que o dito cujo ganhou rsrsrsrsr

  6. Bem descaracterizado esse Alfa 2300, mas ainda serve como doador, a grade achei feia, e a cor tbm, o cara aproveitou e pintou até as maçanetas!

Os comentários estão fechados.