44 thoughts on “Alfas do ''João-Sujeira''

  1. Caramba, o da direita parece bem recuperável, hein!?

    Que belo achado, parabéns Rafinha…

    Já que tem tantos assim p/ postar nem vou mandar nesse período,,hehehe

  2. Este sr., dono dos alfas, na verdade tem um desmanche, com posição geográfica um tanto estranha na zona norte de POA.Ele tem se dedicado na aquisição de alfa 2300 e ti4,mas o seu terreno abriga carros bem interessantes, como: dodge dakota, carcaça dodge magnum, restos de pick up 147, um miura com baixa no detran, um karmann guia tc, restos de galaxie, etc.O grande problema é que estes veículos estã expostos ao tempo, e este não deixa barato on quesito corrosão.Dentro do pátio dele tem um carro bem antigo,e todo montado,e parece estar bem inteiro,mas o acess é dificil, pois tem uma montanha de restos de bicicletas de uns 3 metros de altura, e umas 15 ou 20 motos, neste terreno onde fica o “escritório”. Interessante dizer tb, que este sr. tem algumas dkw’s e um que outro opala.É interessante o desmanche deste sr. , e ele vende a a maioria dos carros inteiros,caso a pessoa queira restaurar algum,mas tem que ter muita vontade e dinheiro,salvo poucos alfas que estão em muito bom estado.É uma pena, não ter fotografado este desmanche em torno de uns dois a três anos átras, pois ele tinha mais de 50 dodges, principalmente dart e alguns muito inteiros,mas como ele teve de entregar uma parte grande do terreno teve de vender muitos carros as pressas, e me disse que boa parte dos dodges dele foi para a fundição em Sapucaia do Sul.Hoje se não me engano repousam três carcaças de dodge ,sendo uma duas portas,mas extremamente judiada pelo tempo.Segundo o sr. João ele não estava mais conseguindo dodges, e resolveu comprar alfa romeo, carro que segundo ele gosta muito,mas pelo visto todos os veículos ali estão para negócio.Este sr. é muito gente boa de negociar, e quem quiser tenho certeza que conseguirá as peças que faltam para o seu carro.Abraços.

    • Ô Alemão, o cara não tem 40 anos! então sou SENHOR também!!!!! que bom que gosta de escrever, é por ai mesmo o “senhor João”.
      Tirando o “gente boa pra negociar” (fiquei uma vez de 1997 à 2005 pra tentar comprar dele um Gran Sedan preto de plaqueta que tava lá) é atrapalhado nas coisas e vai te embarrigando se nao bater o pé com ele.
      Caso não estivessem na intempérie teria ainda hoje muita coisa boa e interessante. (respondi aqui embaixo pro Felipe!)

  3. Falei sim, não sou de ficar batendo foto sem sair do carro hehehe… sem medo de cachorro e de apanhar dos donos dos abandonados!
    Conheço esseJoão faz anos já.
    É muita coisa eu esqueço… alguem ( Ricardo) perguntou de um ferrinho de Alfa em um post passado ai me lembrei desse tem mais de 15 lá, contatos:COMIGO! hehe
    Abraços.

  4. Calma Rafinha.Não quis te ofender em nehum momento, pois sei que tu tens um faro para abandonados que não tá no gibi.Bah, isso que tu falou em relação a negociação, eu não sabia.Tomei por base dois amigos meus que compraram peças com ele, e um estava negociando um dart muito feio.As tuas fotos são muito boas e eu tenho certeza que tu não bate foto de dentro do carro.Deixo aqui meus cumprimentos pelos teus achados.
    PS: Pelo tempo que tu conhece ele, deve te lembrar da quantidade de dodge que ele tinha naquele terreno, e o dia que ele falou que grande parte foi para a fundição tive vontade de chorar(sempre me disseram que homem não chora,mas este dia foi um dia muito triste,por saber que carros que poderiam ser recuperados acabaram na prensa).Forte abraço Rafinha

    • Que ofender que nada!
      Fica tranquilo, deu uma confusão pq respondi brincando, primeiro pro Felipe e depois pra ti mas bem capaz… sempre levo na boa as coisas. O que me estressa mais são comentários de quem não entende de alguma e não é nem um pouco humilde pra dizer que “acha” e não que “é isso sim e pronto”, o resto é tranquilo… tenho fotos “de verdade” (as de papel) do lugar na dec. de 90.para o dia que o Russel criar um categoria de abandonados (tá a dica) assim, como as de familia escaneio umas desse ferrinho com os Dodges e Galaxies 500 67…68… 69 ..Landaus.. !

  5. Decididamente, este site é viciante.Não consegue passar um dia sem visulizar os novos achados. Mais um pouco e vamos criar os inúteis anônimos,os que não conseguem deixar de visitar várias vezes o site.

  6. CARAMBA!!!!O FERRO VELHO DO JOÃO AQUI NO CARROS INUTEIS!!!!Eu sempre que posso negocio várias peças com o João,inclusive fui lá na segunda e na terça buscar um volante de Alfa 2.300 para por no meu Fusca.Sou cliente e amigo dele há uns 2 anos,mas meu pai é cliente dele desde a década de 80!!!Quando ele tinha uma Suzuki GT.O João é muito bom de negócio,basta ter um pouco de paciência($$$).É uma pena ver todos esses carros assim,pois lá dentro,ele tem uma cena um tanto curiosa:Umas 8 Lanbretas e Vespas em cima de uma árvore!!!Isso mesmo elas estão no AR!!!Sem falar no Candando,na Mercedes dos anos 60(não me recordo o modelo),os alfas 164 entre outros carros modernos e inúmeras motos.CB 400?Para ele é fichinha!É dele uma Alfa caminhonete que comentei uma vez aqui no blog.

  7. Realmente,esta cena é de cortar o coração,alguém poderia disponibilizar o tel do dono das alfas ??? essa da direita pareçe bem recuperável, deu até vontade de chorar vendo isso

  8. Eu nunca andei nesse carro, mas me digam uma coisa! É tão bom assim? Se for 50% do tesão que é andar com uma 164, ficaria feliz em ter um na garagem!

  9. Conheço este ferro velho do João sujeira a mais de 10 anos, já comprei muita coisa lá na época que a internet engatinhava e peças somente “in loco”.
    Realmente o cara tinha um mar de Dodge e Landau, mas Alfa era raro, nunca mais fui lá, fica perto da FIERGS. Agora o cara se “especializou” em Alfa.
    O carro “misterioso” que ele tem dentro do pátio é um Malibu sedan preto da década de 70, pelo menos era a 10 anos. A tal carcaça de Dodge cupe era, segundo ele, pra fazer um molde pra fabricação de monoblocos em fibra de vidro para reposição aos que possuíam Dodge com corrosões terminais. Sei não esta idéia…
    Aquele Alfa verdinho da direita tá bem recuperável, pelo menos em foto dá esta impressão.
    Abraço!

  10. Marcelo, acho que tu falasse de uma Impala 67/68 que tinha lá, sedan branca com teto preto, essa tenho foto impressa dela lá por 96… não lembro de Malibu no pátio dele.

    • Olha Rafinha, te garanto que quando fui lá vi este modelo de Malibu dentro do pátio ao lado de uma árvore, assim como também vi a carcaça do Dodge no fundo do depósito, etc. Mas tudo bem também, não pretendo mais comprar nada lá, além de ser longe pra dedéu, ainda corro o risco de ter tétano e leptospirose, hahahahahahahaha
      Na verdade tenho um pouco de aversão por quem desmancha carros de minha predileção, que são Alfa Romeo e Landau. Desde 2006 eu só compro peças pela internet, novas, sendo originais ou réplicas. Não dou dinheiro pra “predador”, hehe.
      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *