16 thoughts on “BMW. Ricardo. São Paulo. SP

  1. Essa é aquela que usa um 6 canecos da versão M da Serie 5 mais amansado, usavam uma borboleta minúscula e um coletor pequeno pra estrangular o carro. Normalmente acho que vinha com 192 ou 197 cavalos. É meio lerda comparada com as outras, mas o que falta de potência que realmente acho muito pouca, tem de sobra no conforto. Eu adotaria sem maiores problemas, tendo problemas de motor, câmbio ou não.

  2. Aposto que parou por problemas no cambio automatico , pois muitos donos acham que estes cambios não precisam trocar oleo e filtros , acabam estragando por falta de manutenção e o conserto minimo de 7 mil dilmas assusta, dai muitos preferem abandonar.

    Acho lindo este modelo , mas eu passo.

  3. Tá bem deteriorado pelo fato de estar largado ao relento…e garanto que para fazer voltar a rodar, gasta-se uma nota preta…sei não se alguém vai ter coragem de encarar essa empreitada…é uma pena…

  4. Lindão, mas eu passo. Pode ser sim problemas no câmbio automatico, e ai a facada é grande (coisa de 10 mil), e pelo ano do carro e estado de conservação, talvez não compense, ou rolo de documentos mega atrasados…..porém vai do gosto, que tem coragem é um prato cheio….que é bonito é, deixa as 325/328 no chinelo…merecia um tratamento melhor

    • Se pegar barato, dá pra investir uns 20 mil e deixar ela rodando de boa. E adotaria, um carro desses, investir até 30 mil é barato, pq no máximo o que se compra por isso é um Pálio pelado…

      • A questão é a seguinte… Em alguns casos é melhor pegar o tal palio pelado. O cara que paga 30 mil no palio, pode pagar os 30 na BMW… Mas quando chega a hora da manutenção é outra história. O cara vai ter dinheiro pra pagar a do palio, mas talvez não a da BMW. Que pode ter até sido a causa desse abandono ai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *