13 thoughts on “Chevrolet Impala 1960

  1. q tal nosso correspondente INTERNACINOAL pablo !
    mui bueno !!
    só o russel q torce o nariz em falar do internacional ,,pois o home GREMIO , GREMIO !!kkkkkkkk

    • bueno , caro Bill então diga :
      ‘ nosso correspondente universal , Pablo ‘ …
      ‘agremia-se ‘ ( sic , hehehe ) um tantinho a mais da galáxia em sua importância corresponditiva ‘ …
      que tal ?
      Ps.: só não entendi o ‘internaci noal ‘ ( seria ‘traduzido’ de … internaci know how ?, ou seja know how internacional ? ooops perdão mestre Russel )
      em priascas eras falava-se muito desse clássico embate …
      o GRENAL … ( green hall ) onde o gremio exibia seu ‘ green know how ‘ ao internacional ( diziam os gremistas aos seus eternos desafetos )

      • pois é ! caro valuck! as incognitas ofensivas a destinadas a clubes , agremiações e afins de disputar , concorreremm a aaaaaaaaaaaaa algum titulo esportivo onde integrantes de torcidas rivais se ostilizam poderia-se resumir em hãhã “”vai toma no piiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!, FDP “” e porrai vaiiiii!
        kkkkkkk!
        é valuk to pegando as manha com vc!!

    • Tiago , esse impala é ‘todo ele ‘ ‘ envolvente ‘ …
      hehehe …
      quem já não ficou ‘ envolvido’ por um desfilando na maciota pelas ruas com sua pintura brilhante e seu ar majestoso e imponente ?

    • Rogério , o pergo de fotos no mato é que podem flagrar inúteis interessantes , mas também coisas perigosas …
      ainda mais trantando-se dessa localização …
      numa dessa fotos casuais fragraram maria joana num milharal …
      e nesse caso onde ‘ há fumaça … é fogo ‘ …

  2. O ultimo Impala que vi, foi em meados de 92, um despachante aqui da cidade tinha um Laranjado todo original e lembro-me que ocupava duas vags de estacionamento. Achava aquele carro fantástico, lmbro-me que o chamava de rabo de peixe, pois eu não sabia o nome.

  3. Ola! Pablo gostaria de manter um contato à respeito dos veículosos antigos do Uruguai,quero informações sobre os proprietários desses veículos antigos que estejam em pleno funcionamento,eu ainda não tenho alguém de correspondência para intermediar essas informações,eu estive vendo alguns relatos sobre as cidades do interior do Uruguai e há vários modelos ainda em circulação,eu tenho uma relação aqui no Brasil de comércio e exterior a onde posso trazer ao Brasil por meios legais alguns exemplares para colecionadores,me envie seu email ok! meu msn
    [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *