34 thoughts on “Chevrolet Impala

  1. E além de ser ’62, pel priemria imagem apesar do excesso de claridade, dá pra ver a outra maçaneta traseira, ou seja um sedan 4 portas.

    Muito curiosa a capacidade do assento dianteiro em se manter intacto, dado a aparência geral do carro!!!

  2. Este marcou os anos 60, o outro impala me enganei.
    Gostaria de saber o que vem a ser aquela plaqueta abaixo do painel a direita com umas luzinhas e interruptores, seria alguma adaptação ?

  3. É do Uruguai? Então os botões sob o painel, que perguntaram acima, servem para acionar as “velas de aquecimento” do motor Diesel, para facilitar a partida nos dias de geada. Duvidam?

  4. Olá a todos,

    Deveria ser proibida as postagens de carros uruguaios, pois o país é praticamente um museu a céu aberto, com carros “inúteis” em praticamente todos os cantos. Eu mesmo em recente viagem para lá fotografei vários desses veículos. Impala então, tem quase como água lá.
    E mais: talvez alguns não saibam, mas é comum a importação de antigos uruguaios para reforma no Brasil, com fins de restauração. No entanto, eu acho que essas importações são ilegais *não tenho certeza), pois no pátio da receita da cidade de Aceguá/RS, fronteira com o Urugiai, há mais de 10 carros antigos para restauro, e que estão apodrecendo no tempo.
    Se quiserem mando fotos.
    Muito bom esse blog!
    Abraços a todos.

  5. Esse carro me lembra GTA. Prefiro comprar um Opala ou um Galaxie que ter um Impala e ter grandes dificuldade de encontrar peças, mais mesmo assim é interessante ver como é esse carro em estado de Inútel.

  6. é… justamente esse modelo que eu acho bacana!!!
    bela barca (barca literalmente, não? rs)
    dá uma dor no coração ver carros desse estilo nessas condições…

  7. Olá !! gostei das fotos e dos carros .por acaso tem taxa de documentaçaõ vindo do país vizinho ??.. e quanto custa em media um ??
    Abraço ……..

  8. Caro amigo….

    Sou um colecionador de carros antigos e me enteressei por esse.Gostaria de saber sobre preços e detalhes sobre esse lindo clássico.

    Muito Obrigado….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *