21 thoughts on “Dodge 1800, Felipe, em Bauru, SP

  1. Nossa…….esse já recebeu até a extrema unção……não tem mais nada para aproveitar aí, é sucata pura…..R$0,19 o quilo e vou buscar para limpar o terreno e evitar que vire criadouro de cobras e escorpiões………

    • Calma barbudo, deixa eu tirar só o volante e o para-lamas esquerdo que parece que esta no lugar ainda, ah tem ainda a grelha da janela lateral ai voce pode levar hehehe… esse carro antigamente era um casamento, ninguem queria hoje em dia quem tem é apaixonado, num vende nem empresta as vezes não deixa nem olhar.

  2. Carrinho rejeitado desde quando ainda era fabricado, bebia muito e andava pouco. Esse deve ter sido jogado aí por algum proprietário revoltado com essa jaca. Pode liberar para o barbudo tomar as devidas providências.

    • Acho que o grande problema dele, era carburador, que não era nacional e era dificil de mexer para acertar… os mecânicos não gostavam de mexer, e não sabiam como funcionava, aí vinha o rolo de colocar um 2E.

        • E tinha o carburador SU inglês que trabalhava deitado, o lucas inglês que não sei se o mesmo do SU, e o Hitachi Japônes que era p/ ser mais econômico….todos ruim de reparos!!!rsrsrs
          na era dos mais “novos”, de 80 à 81, veio ou outro carburador, de corpo duplo, bem mais fácil de consertar, só não lembro a marca! Meu pai teve uns 7 polaras, e quase todos tinha carburador SU…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.