28 thoughts on “Dodge 1800

  1. Cara, curto esse carrinho. Uma vez, num encontro da Epatur, aqui em Porto ALegre, havia um nessa cor. Eu fiquei encantado naquele carrinho. Tinha uns podrinhos, mas muito pouca coisa. Muito simpático mesmo. Dizem ser gastador, mas não sei como é realmente o consumo dele. Quando eu morava em Alvorada, um vizinho tinha um branco. Ele adptou lanternas de Gol BX, que ficaram horríveis no carro.

  2. Caraca, que achado! A cada dia que passa ta mais difícil achar um Polara…gosto muito desse carrinho ai, perto da casa do meu avô tem um senhor que tem um todo original, ta meio capenga por causa do tempo, mas o bicho ainda anda que é uma beleza! Esse ai deve ser dos anos 80 já… pelo faróis… até teria coragem de adotar, mas ai vai gastar um dinheiro lascado, kkkkk!

    • Não, não é dos anos 80. O último foi 1981, já feito pela Volkswagen e tinha farol quadrado. Esses com faróis redondos são os primeiros mesmo, correndo o risco de ser 1973, primeiro ano de fabricação. Aliás, o ano de 1973 foi o ano de grandes lançamentos da indústria automobilística brasileira: Dodge 1800, VW Brasília, Ford Maverick e Chevrolet Chevette.

      • Pô man, que massa! o bom desse site é isso! sempre tem alguem com o bom conhecimento sobre autos! sempre pensei que esses com faróis redondos eram os últimos, kkkkk! valeu msm!

  3. gostaria de agradecer aos amigos que aparti de um certo tempo aqui estao tirando as duas fotos de frente e traz dos achados pois antes a maioria das fotos era so uma mas agora da pra ver melhor . e quanto a dodge ate o tempo ando ele esta esta meio embaçado pra ver um deses em açao agora so asistindo o filme dos trapalhoes simba o marujo ai sim dra rever um polara em açao !

  4. Em que cidade ele está? caro muito difícil de ser visto até mesmo em encontros e suas peças idem, este 1800 era a versão anterior ao Polara e a mais problemática, na época mesmo já era complicado manter um desses

  5. 1973 foi realmente um ano de grandes lançamentos: Brasilia,Passat,Chevette,Maverick entre outros.Afinal, o que houve que esse carrinho não “pegou”?Erra bronqueiro em quê?
    Boa noite

    • Olá João, tudo bem? Esse carro teve problemas de lançamento pelo fato de ter sido lançado às pressas pela Chrysler e ter tido pouco tempo para ser “tropicalizado”, sim porque esse carro era baseado no Hilman Avenger inglês e teve de sofrer reforços estruturais e mecânicos. Seu motor, por exemplo, de 1800 cc era menos eficiente e mais beberrão que os motores dos carros lançados em 1973, menores em cilindrada mais econômicos e eficintes, isso em seus primeiros anos de fabricação. A vedação em suas partes de porta-malas, portas e vidros era muito ruim, e portanto criavam zonas de ferrugem muito precocemente, além de sua carburação difícil. Mas posteriormente com a denominação Polara, houve progressos e seu conjunto, principalmente melhoras no motor de 1800cc, e protanto uma nova chance ao carro, mas as melhoras demoraram demais para vir e, então já estava decretada uma “queima da imagem” do produto, por culpa da Chrysler . Esse carro é muito interessante e qualquer unidade encontrada merece ter a chance de voltar à ativa, por aqueles que têm condições de dar a ele espaço em suas coleções. Belo registro desse carro que faz parte do processo industrial e automotivo de uma era. Abraço.

      • O carburador SU que equipava este modelo é excelente, o problema é que os graxeiros daqui não sabiam encostar no dito. Repare que qualquer mecânica mais extravagante até hoje no Brasil é dita “imprestável” pelos mecânicos que não sabem mexer em porcaria nenhuma e não ser em Fusca e AP.
        Estes carburadores equipavam os carros da Jaguar, MG, Triumph, Saab e Volvo e só sairam de linha em 1995 no Morris Mini e no Austin Maestro. Os Hitachi japoneses, que entraram em cena por um breve período no Dodge, não eram senão uma cópia dos SUs.
        Esse carbura dá em 10 a zero nos carburadores de época em termos de dosagem e precisão da mistura.

        • Charles, você tem razão.

          Hoje em dia, mão de obra especializada, está se tornando algo raro e simultaneamente, caro.

          Poucos mecânicos sabem trabalhar com uma carburação complexa como essa. Já é um sacrifício achar um mecânico decente, achar um que consiga trabalhar em um motor mais complexo, como o do DKW, por exemplo, ié quase uma missão impossível.

          Lamentável.

          Sobre o carro, é um ótimo candidato a uma restauração. Mas somente quem gosta desse carro, por que você vai gastar mais do que ele vale pronto.

  6. Muito confortável e potente, já andei mas nunca dirigi nenhum. Os mais velhos como este são os mais estilosos na minha opinião. Pensa numa coisa linda com interior vinho.
    ADOTAVA COM CERTEZA…

  7. Essas lanternas traseiras são impossíveis de se encontrar………no mais, é realmente uma mosca branca, que logo logo valerá uma pequena fortuna…

  8. Esse vale a pena ainda, está alinhado e completo de detalhes! Meu pai teve uns 4 ou 5 Polaras, e eram ótimos, cheguei a dirigir o ultimo que ele teve, um dos câmbios mais suave que já vi, acabamento refinado por dentro, e design bonito!

  9. Diria que já é um Dodge Polara, pois me parece um dodginho 76 – 77 principalmente pela cor e outros detalhes.

    Realmente é um carrinho bacana, se encontra peças na Argentina, aqui e outros lugares. Complicado o caso das lanternas, mas acho mais difícil as lanternas 78-81 pois parece que quebravam mais fáceis. Ainda se encontra muito dodginho legal com preço razoável.

  10. Ola Pessoal!Tirei esta foto no dia 25 e foi o melhor presente meu..este dodge 1800 1977 pertencia ao meu tio José Maria,que apos muito inssistir consegui compra-lo,alem deste ele tinha um 1973 Azul metalico,que ele na sua loucura picou ele na motoserra,e ainda possui um 1980 totalmente original(Que tbm irei enviar fotos ao Russel) mas parado a 5 anos.

    Este meu Dodge 1800,quando foi parado,parou em otimas condiçoes com 100% de originalidade ate os pneus,mas apos ficar degradando por 13 anos no sol e chuva chegou a este ponto com sua placa amarela,ja estou iniciando sua restauraçao e irei deixa-lo impecavel na cor preta,muito obrigado a todos e ao Russel por me dedicar um espaço no blog :]

    Aguardem mais fotos de um 1975 dourado de um amigo e um 1980 preto

  11. Não é um Polara como algumas pessoas colocaram aqui e sim um 1800 conforme descrito acima, é um carro muito bom, só tem defeito se voce bater a porta com o carro fechado os vidros laterais cospem para fora..tem uam versão deste carro que saiu com teto de Vinil é muito bonito cheguei a ver um vermelho em um encontro de carros antigos no Rio.

  12. ta ai um carrinho dificil de se ver um rodando aki perto da minha casa tem um ferro velfo tem um desse la se acabando no tempo
    esse dai ainda se salva

    • Perto da minha casa tem uma rural 1500 do ano 83. Ate o ano passado ela rodava, em muito mal estado, mais rodava ainda. O dono colocou ela na venda a baixo preco, mais como ninguém estive interessado nela, a ficou sucateando, e agora só tem a carrocaria abandonada sem motor nem mecánica no pátio da sua casa.

  13. Esses Polaras eu vejo mto raramente, vi um todo inteiro pra vender numa revendedora, mas não durou mto tempo, levaram ele e custava 3 mil conto, barbada 😀

  14. estou a procura de um dodge 1800 que foi do meu pai mas a unica informação que tenho é uma foto do carro que tem a placa amarela ainda, e o carro é muito parecido com esse seu, inclusive o começo da placa. o carro que procuro tinha a placa AN-0088 – moravamos em Araucaria – Pr proximo de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *