50 thoughts on “Fiat Tempra

  1. Um carro que anda bem, mas a manutenção é um absurdo! Infelizmente um carro que não deu certo, como tipo, marea, brava, e assim se estende uma longa lista da FIAT. rs

    • infelizmente tenho que discordar, todos os carros citados são ótimos carros, mau compreendidos apenas, a manutenção se torna cara, porque sempre os donos faziam a manutenção CORRETIVA e não a PREVENTIVA, porque deixavam para corrigir os problemas quando o carro estava quase parando e trocar o óleo quando ja estava uma geléia no motor, os mareas o unico que era problemático mesmo dando toda manutenção era o 2.0 20v, mas não deixava de ser um ótimo carro.

      gostei das rodas do stile, era um opcional na época nos 2.0 16v me parece, só lavar concertar as possiveis cagadas do antigo dono e sair para o abraço..

      • ainda bem que existe a democracia! eu falo por MINHA experiência com 1 único carro da FIAT que tive, um TIPO, que por mais que dava manutenção nele, ele nunca estava bom e SEMPRE me deixou na mão, fora que teve vários mecânicos que se recusaram a pegar o serviço por ser FIAT. E sempre ouvi pessoas reclamando da FIAT, como há pessoas que detestam GM, FORD, VW, RENAULT… E não como negar, a manutenção + em conta hoje no mercado é volks, eu que tenho um Opala sei bem como é caro sua manutenção, por ser caro e ser GM, mas tenho o conforto que a marca Chevrolet traz em consigo.

        • Loira Opala aprendi a gostar da GM mais tarde . Muitos amigos tinham opalas ,chevetes , vectras e Ômegas. Mas minha’vida pregressa’ teve muitos Fiats ( 147 , Spazio , Uno , Prêmio , Elba , City , Fiorino , Tempra e Tipo ) .Só com um Uno Cs 1.5 Export rodei 50 mil k num único ano e a manutenção foi baixíssima ( óleo ,correia dentada , pastilhas de freio e velas ). Creio que tudo depende da procedência do carro , de sua manutenção anterior e daquela que vc faz preventivamente como o sentinela falou . O tipo, por incrível que pareça foi excepcional . Comprei com 20 mil km e só me desfiz dele com 120 mil km após dois acidentes consecutivos do meu filho .Quem o comprou ( batido) arrumou e elogiou a economia e a performance do carro .Mas sou um caso a parte pois normalmente os carros adquiridos eram os do meu pai ou minha mãe tirados zero e com baixa quilometragem. No entanto sempre ‘malhei’ muito eles sem dó e assim mesmo deram mostras de surpreendente resistência. Será que foi sorte ? … rs .Mas marca de carro é sempre de gosto pessoal . Meu sogro era um apaixonado pelo Opala .O último foi um diplomata prata 91 motor 250 S preparado espetacular e que andava mais que notícia ruim e que embora tivesse uma ciúme extraordinário do carro me fazia de motorista só prá me dar esse gostinho … hehehe

        • Bem, quando a manutenção do Opala ser cara, pra mim tá excelente. Tenho um ano 1976 e acho peças em tudo que é lugar e baratas. Quanto ao meu ex-escort, tive péssimas experiências com ele. Incomodava e até calço de motor foi uma droga de achar, pois era Hobby e era diferente do GL e etc. E aquele carburador nunca me deu sossego. Não era raro ser visto em plena Av. Assis Brasil ou Baltazar de Oliveira Garcia fuçando nos bicos pra poder chegar em casa.
          Eu mesmo não teria um FIAT, e não penso em ter um Ford, até porque estou bem satisfeito com meu Opala e prestes a restaurar um Monza Hatch 1982 que comprei. Penso em ficar na GM mesmo.

        • Um Fiat “Zippo” vc quiz dizer né ?!?! huauhauhauhuha xD

          Brincadeiras a parte, alguns carros são muito “mal compreendidos” como o Sentinela Mopar disse lá em cima. Posso dozer que vc teve “sorte e azar” ao mesmo tempo. Explico: vc teve sorte de não ter sido a “sorteada” em ter seu Tipo incendiado devido a uma ruptura em uma mangueira (acho que da direção hidraulica salvo engano) onde o oleo em contato com o motor quente causava o incêndio. O azar foi não emcontrar mecânicos qualificados o suficiente para manter o Tipo em bom estado.

          Abs
          Kiko Molinari

    • Continua nessa linha o Línea, Punto, Brava e o novíssimo Bravo,
      carros que estão fadados ao abandono.
      Não está tão judiado não, ainda dá tempo de salvar, mesmo que temporariamente.
      Nota: 9,0 (carro inteiro)
      Não gosto da FIAT.

    • Dizer que a manutenção do Tempra, mesmo o 16v é cara é dizer um disparate. Manutenção condizente com o carro, muitas peças mais baratas do que muitos carros 1.0.

      bomba de gasolina – 110,00
      bomba d’agua – 160,00
      amortecedor dianteiro – 190,00

      Possuo um HLX 1997 desde 2004 e posso garantir que quando bem cuidado é um carro bastante confiável.

  2. sendo que nissan livina, sentra, tiida, sandero etc, todos tem motor 16v, mas não diz no carro, as fabricantes estão fazendo igual mãe quando coloca beterraba no feijão pro filho não comer sem sentir.
    O Brasileiro está andando de 16v e achando uma maravilha… heheheheeh

  3. Não curto o Tempra . Também não baixo o pau na Fiat que melhorou muito nos últimos tempos. Já andei em 65 mil KM em um Mille Smart abaixo de mau tempo e não tive um problema sequer . Todos os ” um pouco informados em carros” sabem que os 16/20/24 válvulas andam bem , são bons mas, têm seus problemas e quando caem em mecânicas o buraco é mais em baixo. Todos sabem também que os Fiat Tipo são “terriveis” carros para seus donos. É um problema atrás de outro. Sou mais Chevrolet e Volks.
    Um abraço!

  4. Além do fusquinha da foto do meu perfil, possuo uma Palio Adventure, não posso reclamar da mecanica dela, pois pouco apresentou problemas, mas o pouco que apresentou foi caro e como nos comentarios acima não são todos mecânicos que gostam de mexer em FIAT. Sempre faço a preventiva todo final de ano e nas datas corretas, mas voltando ao assunto:
    Nota 8 pelo carro, lataria boa, o que pesaria seria a mecânica se estiver ruim
    té +

  5. O carro ainda tá inteiro por fora, mas se tiver com o motor batido fica praticamente inviável ainda mais se esse for um 16 válvulas.. Mas seria um excelente doador de peças..

  6. Olha pessoal, eu gosto da Fiat e em especial dos carros que todo mundo desdenha. Tipo, Tempra e Marea. Carros Multi Válvulas tem que usar o óleo correto e a correia tem que ser trocada juntamente com seus tensores aos 40.000km.

    Da para contar nos dedos os carros da Fiat que rodam com o óleo Selenia que é o que a fábrica recomenda. Assim como a VW recomenda para seus motores 1.0 16v o óleo mineral, mas o pessoal mete um sintecäo e mais o Militec e fica tudo lega. Dois meses depois tem um saco de bolita dentro do cabeçote e o carro é ruim???

    Meu peugeot 206 é 1.6 16v e hj mesmo ele foi trocar a correia dentada e a poli “v”, juntamente com as velas, filtro de combustivel e mais algumas besteiras qu sairáo por 700 reais. náo é barato, mas é mais em conta que refazer um cabeçote emeu carro tá com 94.000 km. A mas a Fiat é ruim de suspensäo. Meu peugeot tbm é uma merda e quando tem que trocar, tem que trocar tudo, inclusive as bandejas. O C3 é assim tbm, o Logus, Pointer, Escort sáo assim e infelizmente é o que o mercado oferece hj ao consumidor.

    Ja vi Corsa Gsi parado em concessionária Gm parado porque os mecänicos näo tinham o valor correto de aperto dos parafusos do cabeçote e estou falando de agëncia. Tem muito mecänico que náo sabe equalizar carburador de fusca tche, imagine acertaruma injeçao marelli ou entäo acertar o ponto de qualquer cabeçote multi válvulas seja lá a marca que for.

  7. Tenho um Tempra 95, acho um belo carro e confortavel, estou com ele a dois anos, por enquanto, não me deu ñenhuma dor de cabeça.
    Sempre faço manutenção preventiva, para rodar com o carrão mais sucegado.

  8. Manda para mim então que eu meto o machado nele e transformo em material para reciclagem………hahahahahahahaha!!!!

  9. Inteiro….um dos Fiats mais bonitos na minha opinião…..só q o valor de mercado é um lixo, e a manutenção mega cara….ai fica largado assim por qualquer problema!

    • Então é um legítimo HLX. Se der sorte, da safra dos que vieram com o lindo ar digital. A partir de 95 os Tempras não vinham mais com o som Alpine (toca fitas + disqueteira p/ 6 discos).

  10. Tempra 2.0 16v, Azul Gurundi
    Esse carro tem um banco confortável que pqp…
    pra mim, esse carro está “estacionado”… vou mandar a foto do meu corsa e vocês vão falar que ele sim está inutilizado… rs

  11. ESTOU PRESTES A COMPRAR UM TIPO OU UM TEMPRA,POIS ACHO QUE SÃO CARROS BAKANAS,CONFORTAVEIS E O MELHOR SÃO COMPLETÃO E NÃO SECÃO COMO OS POPULARES.TOMEI ESSA OPINIÃO A PARTIR DE PESQUISAS EM SITES E COM OS PROPRIETARIOS DESTES VEÍCULOS.PRA MIM VALE A OPINIÃO DE QUEM TEM E NÃO A DE QUEM ACHA QUE TEVE,QUE METEM A RIPA NO CARRO DE ACORDO COM A OPINIÃO DOS OUTROS.TODA MAQUINA PRECISA DE MANUTENÇÃO SE VC NÃO FIZER JÁ ERA.DE TODAS AS OPINIÕES POSTADAS APENAS A LOIRA DO OPALÃO QUE JÁ TEVE UM FIAT TIPO NÃO GOSTOU DO CARRO.

    • É isso ai Juninho BH, vc tem que pegar a opinião de proprietarios do Temprão, eu tenho um Tempra IE, 2.0 8v a 3 anos, e é um baita de um carro, abasteço R$ 24,00 de GNV e ando 195 km com o cilindro, é comfortavem tanto para o motorista quanto para todos os passageiros, arranque excelente, completo, a manutenção não é tão cara assim como falam e falo como proprietario de um 96.

  12. Realmente não entendo como tem pessoas que não acham peças para o tempra.Não vou fazer propaganda,mas é só procurar na internet,muito fácil e com cartão de credito parcelam em até 10x.Tempra é um ótimo custo beneficio,com R$10.000,00 é possível comprar um excelente carro,mas como todo carro antigo tem que revisa-lo de vez em quando.mas se achar cara a manutenção,compre um fusca que é um ótimo carro e com peças baratas.melhor que andar de ônibus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *