18 thoughts on “Ford Fiesta, São Paulo, SP. Foto de Mario Takamatsu.

    • Um amigo teve um desse aí, e depois de rodar 260 mil km ele fundiu e retificou do mesmo jeito e ficou excelente.
      Mas acabou vendendo por ter desgostado do carro.
      Mas com um mecânico que preste ele faz a retífica e muito bem.

    • Esse Fiesta usa o motor Endura 1.0 ou 1.3 que apesar de ter um torque bom nunca teve muita potência e, se não for bem regulado, fica barulhento pois as válvulas trabalham com balancins. O fato de não poder ser realizada a retífica é inexplicável, já que o reparo deste motor é simples e barato: em torno dos 1500, 1700 dilmas uma retífica completa. Isso posso lhe garantir pois meu avô é mecânico e já retificou um monte de Ford Ka e Fiesta destes.

      Outro fato interessante é que o Fiesta, o Ka e a Courier Endura que tem ar condicionado e/ou dir. hidráulica necessitam uma troca mais acentuada do sensor de marcha lenta que não costuma durar muito. Outra coisa é que a direção dele nos modelos sem a hidráulica é bem dura.

  1. Adotaria na hora! Manutenção é fácil apenas as peças que são um pouco caras, mais nada que um bom ‘ garimpo ‘ no Mercadolivre não resolva. Acho um carrinho bonito e que, se bem cuidado, difícilmente terá problemas pois conta com o benefício de corrente de admissão ao invés da maldita correia dentada. Só o sensor de marcha lenta que dura pouco, mais nada que seja impossível de resolver.

  2. Caso o César passe por aqui ou outro confrade que resolva minha dúvida: os Lada Samara e o Skoda Favorit 1994 eram o mesmo carro ou houve plágio? Pois são idênticos externamente.

  3. Fiestinha modelo chorão,motor endura que apesar de duravel é lerdinho e barulhento,mas muito economico.

    Apesar de cumprir muito bem o seu papel de carro urbano,prefiro o modelo mais novo com motor Rocam,mais bonito e bem mais potente.

  4. Apesar de não ser bonito , adotaria tranquilo mas , os modelos com motor Rocam são muito mais valentes . Andei muito de Ford Ka Rocam e sempre gostei .

  5. Fiestinha tristonho tem baixo valor de mercado, e é feinho….o rocam é mais bonito e ainda bem, e tem versões completinhas dele….
    Por mim fica ai, prefiro o Rocam ou até mesmo o Escort Hobby….mas que parece inteiro, isso parece

    Tinha um mito na época, que para fazer o motor endura, tinha que comprar o bloco parcial, pois o mesmo não dava retifica….não sei ao certo o material, talvez alumínio….e era bem caro….tbm não lembro se era o motor 1.0, 1.3 ou 1.4 16v….
    Mas lembro que tinha um japônes que trabalhava aqui na empresa, e teve que fazer o motor de uma courrier, e disse que teve que comprar esse bloco parcial ai….e foi facada!
    Talvez c/ o tempo, descobriram outro metodo, mas na época rolava essa história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *