23 thoughts on “Ford Galaxie, Viamão, RS. Foto de Maicom Lima.

  1. Quem será o morfético que largou uma raridade dessas ao Deus dará desse jeito, ao relento e sem capô para proteger o V8….tem que tomar uma surra de gato morto até o bichano voltar a miar…arre!!!!!!

  2. lembrei agora vendo esse classico antigo da veraneio ambulancia do hospital aqui q fechou a 14 anos la na garragem desse hospital tinha uma classica veraneio mas a garagem antes era coberta e a madeira caiu toda e 14 anos no sou e chuva amigos coitada veraneio simplesmente esta toda enferujada nao presta mais pra nada aqule era digna de esta aqui nos carros inuteis

  3. Uma simples limpeza com uma lavadora à jato e ele já vai ficar quase limpo. Isso ai parece só sujeira de tempo, não consegui identificar pontos críticos de ferrugem.
    Merece voltar sim! E se tiraram o capô, ou vão restaurá-lo e estão primeiro dando conta da mecânica, ou vai virar doador (se é que já não é!).

  4. Não consigo nem olhar mais pra Galaxie e Landau. Depois que um chapeador acabou com um que eu tinha, me desiludi tanto desses carros, que nem quero mais saber.

  5. Inteirão,uma raridade, não merecia virar doador e muito menos estar abandonado, o ferrugem que está comendo a coluna e o teto, são normais nesse modelo de carro, um bom funileiro resolve isso, pois já vi piores ficarem zerados….gosto muito do modelo, todos os anos e versões, e só não teria um por questões financeiras, caso contrário, eu adotava!

  6. O dono deste galaxie tem ou tinha um firma de locação de betoneiras na parada 39 e durante muitos este carro puxou betoneiras por Viamão. Ele é riquíssimo em detalhes, muito original. Ele sempre deu manutenção neste carro. Tem um outro preto que também éra mais rico em detalhes do que este e também puxou betoneiras durante alguns anos aqui em viamão. Depois casei e nunca mais vi eles. Só sei que estão num lugar que não sei se é um ferro velho,mas é na RS 040, uns quinhentos metros passando o entroncamento com RS 118, lado esquerdo quem vai para o litoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *