15 thoughts on “Ford Maverick, fotos de Cimar, Santos Dumont, Minas Gerais

  1. Este modelo anda tão valorizado , que até seja capaz de algum corajoso/louco querer recuperar o que sobrou disso ai, apesar de gostar , este eu passo, e longe , aproveitaria somente o parachoque e alguns frisos e miudezar que sobraram.

  2. Quando lançado não pegou bem por aqui.Hoje vale muito pela raridade.O da foto ainda tem jeito,ou recupera ou vende muitas peças.O que não pode é acabar no abandono.

  3. Também não duvido que anunciem a um preço estratosférico no Mercado Livre, outro dia achei aquele gol BX branco e com a frente caída que apareceu aqui anunciado por lá por 5 mil…
    Esse maveco aí já era, não compensa restaurar.
    Um dos melhores carros que a Ford já fez, apesar que aqui no Brasil ela nunca fez um carro digno de ser considerado bom além dele, mas enfim… prensa.

  4. Sem chance…nunca mais se consegue ajeitar esse monte de ferrugem…pode esquecer…é $$ jogado fora…

  5. Maverick com sua velha e inseparável companheira: a ferrugem. Parece praga de mãe, isso apodrecia com pouco tempo de uso. Hoje tem valor devido poucos terem sobrevivido. O da foto já era, serviu de doador para algum outro que ainda se arrasta pelas ruas.

  6. Mesmo nesse estado, tem gente que vai querer comprar, e se tiver documentos vai para casa dos 7 à 10 mil….surreal, qualquer pedaço de lata de maverick tem preço altissímo….eu passo!

  7. Curioso é o bom estado dos faróis, contrastando com a podridão que tomou conta do coitado. Belo clássico, mas pra levantar isso, haja grana…

  8. o V oitão já foi pro saco, a traseira tá podraça, a carcaça tá empenada, a frente, hehe só a caveira, e os belos detalhes cromados se foram

    era uma vez um maverick, FIM 🙁 !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *