23 thoughts on “Jeep Willys, foto de Christian – POA, RS

  1. Caraca. Belo achado.
    Queria eu ter visto este ai. e bem na minha cidade.
    Este ai eu queria na minha garagem, sempre achei o modelo mais bonito dos Jeep.

  2. Jeep é Jeep.
    Mancha a garagem toda de tanto vazar óleo, é duro pra caramba…
    Porém te leva até 2 km depois do fim do mundo.
    Hehehe, muitos agora rodam com Motor de Opala.
    Por mim ainda volta, porém eu gosto de desagarrar o meu carro da lombada só pelo prazer de vê-lo lixando o chão.
    Então não teria lógica eu ter um desses.

  3. Esse cara não tem noção do valor dessa relíquia que ele tem largada desse jeito…JEEP – Esse veículo de concepção antiga não é confortável, nem silencioso, não corre, é pesado, ronca um pouco, e exige constante manutenção e muito aperto no eterno vazamento de óleo, mas está sempre pronto para ir até a esquina ou simplesmente dar uma volta ao mundo…isso é um Jeep…

  4. Esse modelo é um GPW (Ford) ou MB (Willys) da Segunda Guerra. Foram produzidos 650.000 durante e a guerra e hoje são raridades e preciosidades, pois são todos veteranos de guerra. Valem muito tanto no mercado interno como no externo. A característica deles é ter os faróis pequenos dentro da grade e terem a grade com nove aberturas em vez das sete dos modelos civis.
    Realmente espero que o proprietário o recupere ou o passe pra alguém que lhe dê o devido valor.
    Tenho um desses na minha garagem totalmente restaurado e operacional. Não troco por nenhum modelo moderno, pois sei que estou dirigindo um pedaço da historia e que ela nunca vai me deixar na mão.
    Abraços a todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *