20 thoughts on “Karmann Ghia

  1. Esse patio está um prato cheio para fotos para este blog varios Fusca, um carro que eu acho muito bonito que é um Opala cupe ao lado, agora detalhe sobre o KG é que ele é um KG TC, o KG é muito cobiçado pelas pessoas o que faz o preço dele girar perto dos 50mil reias, porém o KG TC é facialemente encontrado por menos de 15 mil. Apesar de concordar que o KG é mais belo que o TC não acho que a diferença de design possa alterar tanto o valor de venda, já que ambos são bem raros.

    • Sr. Gabriel. Engano seu. Existem muitos KG pelo Brasil. Um KG fabricado no Brasil entre 1962 até 1969, valem um bom valor, diria + ou – hoje, uns R$ 50 Mil Reais, se estiver bem original, com os parachoques com canos,frisos laterais, rodas originais, estofamento ao padrãop do original etç. Agora KG ano 1970 até 1972, que veio com quebra-vento nas portas e painel revestido com jacarandá, com parachoques lisos, esses sim valem muito. No mercado valem + ou – entre 60 a 100 mil reais. O TC, não esta ainda tão valorizado assim, mais tem seu charme, poís foi fabricado, sendo copiado do Porsch 911 (alemão), e quem possuí um todo original ou restaurado aos minimos detalhes, apartir de 2014, já valem acima de R$ 30 Mil, daqui a uns 10 anos, um exemplar do TC, estará valendo ao peso de “ouro”, poís foram fabricados poucas unidades. Eu acredito, que um TC em perfeito estado, valerá daqui a uns 10 anos, + de 100 Mil Reas. Essa é uma realidade do mundo dos Antigos. Você, deve ter já lido em Revistas de Antigos que um MAVERICK GT 1974 todo original, tem pessos que vende por + de R$ 160 Mil Reais. Parece incrivel mais é a pura verdade. Carro Antigo bem conservado, vale hoje + do que um ZERO de Luxo, digamos, vale + do que um HONDA ZERO ou TOYOTA ZERO. O mercado de antigos é uma fábula, sómente para quem conhece o que significa possuir uma reliquia, fruto da industria nacional. Isso é História.

    • Em São Paulo. Karmann Ghia (teto duro) tradicional tem o seu valor cotado em média R$ 70 Mil Reais,, já um CONVERSIVEL é cotado em + ou – em R$ 150 Mil Reais (basta abrir o mercadolivre ou webmotors). Isso já é um fato. No Paraná e Santa Catarina, não encontra-se para venda carro Karmann Ghia, o que se acha são alguns “TC” alguns modificados ou com peças não originais, varaindo de preço entre R$ 30 e 40 mil reais. Realmente são veiculos antigos de valor significativo no mercado de antigos. Dizem os colecionadores, que o preço de um carro antigo é apenas um detalhe, porque carro antigo não tem preço, ele vale quanto o dono pede, se aparecer um comprador disposto a pagar ele compra senão não compra só aprecia.

  2. A corrosão dominou este TC. Aquele bege perto da minha casa, está fazendo retoques nas caixas de ar, portas e chapeu do Napoleão em uma oficina de chapeação. Parece que o dono leu o meu comentário falando mal dele e resolveu cuidar do Belo VW.

    • realmente apodreceu ! porque o dono não lavava, não cuidava, dormia no sereno(que é pior porque corroi a lataria). carros como esse TC que esta no ferro velho, deve ter bem a cara do ex-dono, daqueles que não cuida da propria familia. Quem não cuida de seu automovel, deve ser também negligente com seus filhos, normalmente uma coisa puxa a outra.

  3. É que quem procura um KG hoje em dia quer ter pela beleza ou saudosismo, e não por “colecionismo”. Agora, aposto que daqui a umas dezenas de anos, o TC será bem mais valioso, afinal por ter tido produção menor e não ter caído no gosto popular os exemplares conservados serão bem raros.

  4. ATÉ QUE ENFIM, ALGUEM OBSERVOU QUE O KARMANN GHIA TC TEVE SUA PRODUÇÃO MENOR QUE A DO ANTIGO MODELO, OU SEJA, 18119 UNIDADES PRODUZIDAS DO KARMANN GHIA TC, CONTRA POUCO MAIS DE 23 MIL UNIDADES PRODUZIDAS DO MODELO ANTIGO.
    TENHO MEU KARMANN GHIA TC DESDE MAIO DE 1979 E OUTRO DIA NÃO ME CONTIVE EM RESPONDER À UM MALUCO QUE ME PERGUNTOU; SE EU TE DER UM CARRO ZERO EM TROCA DO TC VOCE ACEITA A TROCA ???
    EU RESPONDI COM OUTRA PERGUNTA… DAQUI A DEZ ANOS, ESSE CARRO ZERO ESTARÁ VALENDO QUANTO ??? E EMENDEI… E O TC DAQUI MAIS DEZ ANOS VALE QUANTO??? ESSA É PRÁ PENSAR

    • Em São Paulo, tem uma agência de nome PAULICÉLIA, que tem um TC 1975 côr bege, todo original e outros carros antigos de garagem. O que me chamou atenção foi o TC muito bem conservado, inclusive segundo o dono, com pintura original. Preço R$ 65.000.00. Indaguei com relação ao preço. Ele respondeu, que esse carro trata-se de uma “reliquia” e que existem poucos Karmann Ghia TC no Brasil. É tão “raro” que tem muito menos unidades do que o Karmann GHia tradicional (o mais antigo), que tem centenas no Brasil e no mundo. Mas TC, não tem. Em São Paulo, só tem 17 Karmann ghia TC conhecido e rodando. Quem possuir um TC, é um felizardo, porque trata-se de “peça unica” vendeu. Nunca mais encontra outro. Daí seu preço que ainda não é elevado, daqui a alguns anos, quem viver verá a que preço estará uma TC original.
      Fiquei surpreso com a resposta do dono da agência, porque, eu tinha um TC bege 1975 e vendi a cerca de um ano por R$ 25 Mil, para uma pessoa de Belo Horizonte.

  5. qualquere sucata de veiculo com mais de 30 anos, vale alguma coisa. Os “garimpeiros” estão sempre fuçando nos ferro velhos, peças, como: “botões de painel, maçanetas, volante, rodas, relogios de painel, alça de painel, qualquer cromado tem seu valor. É comum, se ver nos encontros de carros antigos verdadeiros merecados de “pulgas” ofertando peças de carros, sem falar nos preços que são uma verdadeira loucura. Mas sempre tem os “loucos” colecionadores de carros antigos, que pagam o preço, porque precisam daquela peça, para colocar no seu antigo, que esta restaurando. são outros tempos. O tempo da brilhantina.

    • No último encontro de antigos na cidade de Curitiba em NOVEMBRO/2014, a 23ª Encontro de veiculos do Sul Brasileiro, levado a efeito no Autodromo de Pinhais, no mercado de pulgas eu observei um homem de + ou – 45 anos, comprando um parachoque trazeiro de um GORDINI, meio enferrujado, mas completo, pagando em DINHEIRO VIVO a quantia de R$ 1.200.00. Não aguentei, se aproximei e lhe fiz a seguinte pergunta: Porque pagar tão alto por uma peça que precisa restauração e cromo novo. Ele respondeu, na minha cidade o úncio GORDINI III 1967 é o meu que estou restaurando e essa peça não existe em lugar nenhum. Vim especialmente de RECIFE-PE, para comprar esse parachoque. Ele esta me custando + de R$ 3.000.00 (tres mil reais), entre passagem de avião e condução e compra aqui. Para ver, como tem “louco por carros antigos” . Ainda ele me disse que já gastou R$ 20 mil na restauraação e estava faltando essa peça (parachoque trazeiro).

        • Realmente colecionador de automóveis antigos, não existe limite para conseguir uma peça original para deixar seu antigo como saiu de fabrica.
          Eu, não sou louco, mas já viajei + de 1.500 Km só para encontrar um escapamento duplo original, para colocar na minha moto Four 750 cc .classifica
          já paguei U$ 25.000 por uma Fusca 1956 oval e já tive + de 30% de lucro e não quis vender. O dinheiro é só um detalhe e não dá prazer.

  6. Antigo de garagem não tem preço. Se for original ou restaurado aos moldes como saiu de fábrica, quem tem, sabe o quanto vale no emergente mercado de antigos do mundo inteiro.
    Se uma pessoa quer um determinado antigo ele paga o preço pedido por quem quer vender. Não existe pechincha nos negocios de antigos de garagem ou antigos colecionáveis.
    é como comprar um anela de brilhante. Quem quer comprar compra e ponto final.

  7. No mês de Março/20, antes do Covid-19, estava em Santos e fui passear com meu filho no Porto e observei varias Kombis modelo antiga dos anos 60 tipo corujinha, sendo colocadas em containers, Indaguei um manobrista e ele disse que estavam embarcando para Alemanha. Que essa era a segunda leva de 50 Kombis só nesse ano. Conversa vem e conversa vai, indaguei quanto vale cada uma e o homem disse que seria vendida por 25 mil “dolares” cada uma no mercado de antigos do pais. Meu Deus. Aqui tem gente que não valoriza os nossos nacionais antigos e lá fora na Europa vale muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *