12 thoughts on “Mitsubishi Eclipse, by Wellington, Brasília-DF

  1. Não tenho certeza, mas me parece que o capô já foi alongado um pouco tampando o farol.
    Lembro desses carros novinhos, lá pra 1994. Foi meu sonho de consumo.
    Hoje se eu achasse um GSX (Tração Integral) inteiro e a um preço não absurdo eu compraria. Esse da foto ainda volta, porquê não adotar não é mesmo ? Pago 6 mil se ainda tiver mecânica e interior completos e pode enviar pra cá. 😀

  2. Legal era a 1° versão que chegou aqui em 1990 e 1991, com os faróis escamoteáveis, mas esses que vieram depois também são bacanas com o sistema do cinto de segurança, era a sensação da década de 90 ter um desses

  3. Está raro de ver, quando vejo é do modelo mais novo. Esses carros foram bastante xunados uns tempos atrás tbm, e vi bastante deles nos desmanches de importados. Não sei se é caro manter um (deve ser), mas acho que valeria a pena sim recuperar esse eclipse. Eu passo.

    • Caro é acabamento, mecânica e suspensão é tranquilo ao menos do 1995 pra frente. É aquele caso, é mais em conta comprar um jogo de coilover que é infinitamente melhor do que um jogo de amortecedor/mola original, do que comprar as molas e amortecedores originais. É mais em conta peças de performance que muitas peças de mecânica originais, etc.

  4. Será que parou por problemas mecanicos ou somente parou pois saiu da moda?? No DF é comum ver carros bons até raros literalmente abandonados por falta de uso dos donos, principalmente nas zonas nobres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *