16 thoughts on “VW KG TC, Luís Adriano, São Jerônimo-RS

  1. Esse é uma figurinha difícil de se ver por aí…mas eu particularmente não gosto…dizem que tem um problema crônico de entrada de água no interior em dia de chuva…eu respeito a opinião de quem gosta, mas eu passo…

  2. Meu pai teve um desses, KC TC 1974, amarelo, a paixão dele era por KC, mas de fato entrava muita água nesse carro, as borrachas eram péssimas, a água acumulava no assoalho e molhava os pés dos ocupantes no final, rs. Mas em um domingo de sol era até divertido andar com ele. Onde o meu pai estiver agora deve estar se divertindo com um igual 🙂

      • Com certeza as que tu conseguiu eram dos KG , mas os K guia TC eram um modelo exclusivo brasileiro e de limitada produção, logo estas la nternas com certeza não tem aos montes na Argentina muito menos em outro pais do mercosul, apesar de ser bem menos belo que o modelo anterior ja é um carro colecionavel devido sua raridade e exclusividade inclusive aqui em seu pais de origem, tendo alguns exemplares ja exportados.Este parece estr sendo reformado ou restaurado.

        • É verdade cara, quando disse que tinha Lanterna do KG pensei no modelo do meu. Que também são raras. Outro dia estavam pedindo quatro mil reais em um par no Mercado Livre.

        • É verdade e a maioria dos TC em alguma fase da existência, notadamente no fim dos anos 80/90, teve a traseira “estuprada” para instalar lanternas do Fiat Oggi/Spazio. Já que a altura era exatamente a mesma das originais, precisando somente mexer na largura dos buracos.
          Pelo menos alguns que se salvaram tiveram a traseira reconstituída e as lanternas originais recolocadas (ao custo de R$ 4 contos o par).

  3. Meu pava teve um KG TC, era azul pavão, depois virou vermelho, ficou lindo, porém entrava água e tinha problemas na parte elétrica, meu pai desencanou e vendeu. Teve um KG da primeira geração tbm, vermelho tbm, mas lembro pouco, eu era muito criança.
    O da foto, parece em restauro sem fim….tem salvação, mas depende do valor pedido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *