17 thoughts on “Alfa Romeo 164, Alberto, Caraguatatuba, SP

  1. Ainda tem jeito, eu tenho coragem.

    Ta tão suja a coitada que ficou até fosca, certeza que se der uma bela lavada fica bem melhor.
    Deve ser problemas mecânicos, mesmo assim eu tenho coragem. Se eu desistir de salvar, eu vendo as peças.

  2. Carrão e acho lindo , mas sinceramente pra investir $$ nisso dai prefiro ter dor de cabeça com projetos mais interessantes, este infelizmente somente doador a outro alfa com mais sorte e o que restar somente prensa e reciclagem.

  3. Esse carro é uma judiação…retrato puro do descaso e da falta de responsabilidade da FIAT com a marca Alfa Romeo no Brasil….

  4. Já era, não compensa, ainda mais que parece estar sem motor pela frente alta, e as peças que já eram caras sumiram, vejo bastante deles abandonados, e os inteiros, que são raros e poucos, estão valorizando. Eu adotava, e vendia as peças para outro com mais sorte!

  5. Este Alfa tem que ter muita vontade de recuperar, o problema são as peças que já existem aqui na europa, que há aqui em Portugal, pois carro italiano com mais de 15 anos em geral, a não ser uno, punto, é difícil arranjar peças, para arranjar peças só no ferro velho e mesmo assim é dificil de achar, depois tem o problema da eletronica que é complexa e nem todo eelectricista tem saco e jeito para por o carro em ordem. Santana por 52.000 reais, para um carro que nem saco inflavel para o motorista tem?!, quando um carro desse na europa pelo menos desde 1998-1999 tem pelo menos para motorista e passageiro.

  6. uma pena que a fiat abandona os seus projetos falta de peças e quando acha e um absurdo exemplo bom e o marea pelo jeito ate tem salvaçao mas tem que ter muita grana pra gastar e paciencia pra achar as peças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *