41 thoughts on “Fiat 147

    • A ‘estória ‘ é um pouco triste. Esteve engarajado por mais de quinze anos após a morte do proprietário . Nesse ínterim ‘sobreviveu’ a uma enchente dentro da garagem e a pouco mais de mês foi defenestrado para que se tirassem os móveis da residência. A aparência nessa foto está melhor do que se apresenta na realidade. A lateral do passageiro está bem alinhada, mas a coluna do motorista tem uma ‘debilidade ferruginosa’ por conta de um reparo mal feito. Não perguntei o ano, mas tem, a frente original do Spazio e portanto por ser um 147 só pode ser o da última safra, ou seja 86. Deu pena e na verdade até um ‘comichão’ de leva-lo para casa …
      147 são como cães abandonados, vc olha pra ‘carinha’ deles e lembra da do ‘gato do Sherek’ … risos

  1. Bem inteiro esse 147….totalmente recuperavel…fácil….
    A Viuva não vende e vai deixar largado na rua? A porta do motorista parece meio aberta….
    Eu adoto….

  2. Carro bom para correrios do dia a dia. Econômico , prático , fácil de “pilotar” e parece em bom estado ainda. Largado assim só por falta de interesse de quem deveria lhe dar guarida. Fazer o quê.

  3. Valério, suas informações estão bastante precisas sobre os pequenos Fiat, apenas uma correção, o Spazio TR vinha com o mesmo motor 1300, apesar de vários acessórios voltados a exibir um apelo esportivo, inclusive aquele bonito painel de instrumentos com o contagiro integrado. O único que usou o motor 1.4 (1.415cc) foi o saudoso Oggi CSS, um dos meus carros preferidos. Abraços.

  4. Nossa essa roda traseira de tala larga é tão difícil de encontrar e tem uma abandonada bem aí, preciso apenas de uma pro meu fiat oggi e não consigo encontrar mais fazer o que né rsrs

  5. Pingback: Achados na rede–147 Spazio c/ placas amarelas | Diário do Meu FIAT 147

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *