32 thoughts on “Fiat Panorama, BH, MG. Via Street View. By Lucas Borges

  1. A impressão que eu tenho dos carros Fiat dessa época é que eram frágeis, fracos de motor, mecânica ruim, etc. Não gosto de Fiat até hoje, mas, creio eu, que eram piores ainda.

    • Tambem tinha essa impresão mas depois de botar
      mais de uma tonelada escima de uma fiorino 86
      e ela aguentar numa boa mudei de ideia, ta que a
      cidade aqui é plana mas parecia que ela ia decolar (risos)
      alias precizo de uma grade dessas ai. Não sou fã de fiat
      atuais especialmente o novo uno que parece aqueles brinquedos
      pra criança de 2 anos(risos)

      • Marcos, tive uma fiorino 97 (a que aparece como avatar) e o normal era carregar mais de 750 kg na caçamba .
        Isso equivale a 15 sacos de cimento e ela vinha numa boa.
        Os Fiats com essa plataforma tem um feixe de molas transversal que faz toda a diferença na hora de carregar um “over” … risos
        Ps.: esse tipo de “abuso” eu continuo fazendo com a Elba …

        • Pois é não tem outro jeito pra quem trabalha com maquinario pesado. Sem contar que esses carrinhos são baratos. A fiorino
          atual a gente pagou aqui R$ 4500 e porque tava em bom estado.
          Obvio que não é como ter uma chevrolet D20 perkins mas quebra
          o galho legal. abraço.

    • Vc esta totalmente errado,Tiago,os carros Fiat antigos são super resistentes,essas Panoramas então nem se fala,meu pai possuiu uma 83 1.300 a alcool por 13 anos,muito economica ,resistente e forte,750 Kg pra ela era café pequeno,meu pai tirava o banco traseiro e ainda colocava um baita bagageirão em cima dela,carregava tudo que é tranqueira nela,material de construção ,lenha e tudo mais ,era um trator .

  2. esses carrinhos são bons e resistentes

    eu tive 3 fiats dessa safra.

    esse motor fiasa é muito bom e economico, o unico problema desses carrinhos é o cambio duro.

    • Uma vez eu fui para o autodromo de jacarepaguá no RJ num 147 de um amigo meu… chegamos lá com os braços doendo de passar a marcha no câmbio. apesar que o carrinho era turbinado e andava muito conseguindo manter 160 km/h subindo e descendo morros na via tranquilo.

  3. cor original verde saquarema .
    o motor provavelmente é o econômico 1.3 e o ano de nascimento provável é entre 84 e 85. No Spazio essa cor já era de linha no 83.
    antecessora da Elba com o banco rebaixado servia como uma pickup.

  4. Essa peruazinha quando está em estado de conservação de 0KM (o que é muito raro de se ver hoje em dia) é muito bonita e chama a atenção, eu já vi umas três assim.

  5. Sera que esse parachoque é original? parece dos primeiros uno
    alias preciso de uma grade, uma maquina de vidro do lado do
    motorista, a entrada de ar(de plastico) do capô e as sinaleiras laterais.
    O cambio realmente é duro mas duvido que qualquer carro atual
    aguente as raspadas de marcha que ja dei em alguns desses carros
    outro defeito e o tamanho se estacionar do lado de um honda civic
    ela parece de brinquedo(risos) se for a alcool tambem tem o problema de pegar no frio ferrugem interna do motor e blablabla.

  6. Esses aí estão cada vez mais difíceis de se encontrar em bom estado, e pelo que vejo os outros aí da foto tmb estão indo pelo mesmo caminho… Uma pena.

  7. Aparentemente não está tão ruim de lata. Adotaria sim, pois gosto de vários carros anos 80. O problema são as peças de acabamento. Não sei se são tão baratas assim.

  8. Raridade de se ver, mas é mais rara as da 1º safra, 81 e 82, da qual meu pai teve uma azul marinho! Era enorme por dentro, e pequena por fora, e aguentava muito peso….c/ o tempo acabou rachando o assoalho ao meio…
    A da foto merece uma chance, está até que inteira ainda!

  9. Triste realidade dos carros anos 80!! Manutenção cara e desvalorização o que leva a pessoa a abandonar ou vender para oficinas e comprar um plastimóvel 😛 O uno provavelmente está aguardando conserto, porém o Kadett e a Panorama já deu pra perceber que são sucata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *