17 thoughts on “Fiat Tempra, by Mineiro, POA-RS

  1. Sempre tive curiosidade de ter um desse, principalmente dos primeiros, 8v e carburados, mas como os mecanicos dizem “BOMBA”…

    Cheguei a andar em um turbo 96 na época de 0km, carrão…

    Mas acho q um bem conservado é um bom carro, dificil é achar…

    Uma vez quase troquei o xr3 conversivel 88 por um tempra 97 16v impecavel e completo, mas o cara desistiu depois, todo mundo na época falou q me livrei de bomba… mas o xr3 era bomba tb… kkkkkkkkkkkkkkk…., tão dificil de vender q acabei trocando em um pointer 95, mas não me arrependi…. ap é ap….

    • Eu também andei em um tempra turbo, que um vizinho meu tinha.
      Falo… É um carrão, de deixar muitos novos por aí comendo poeira, poia anda bem.
      Maas… AP é AP e eu sou AP’zeiro.

      • Imagino, o premio com motor sevel 1.5 q tive andava bem, apesar dos problemas, o fiasa é bem mais confiável, mas ap é ap…

        • Eu tive sevel… um uno 1.6r.
          Andava muito bem, mesmo antes de aspirado.
          Mas para os AP não era nada.
          Mas eu gostava, era 1994, e era completinho 2 portas com teto solar.
          Foi comprado zero, e está na família até hoje.

  2. Mais um…..essa cena já está ficando frequente e corriqueira em todo lugar do Brasil……..no futuro, vai virar raridade, porque o que tem de Tempra abandonado e jogado em desmanche não é brincadeira…..R$0,19 o quilo e vou buscar apenas para desocupar a rua…..

  3. Menos uma bomba! Apesar que eu acho bonito…tem um aqui no trampo, na ativa ainda 95 8v, c/ 94.000, mas já bem zuado, suspenção é fraca, mas é gostoso de dirigir…..

  4. quem acompanha o blog a algum tempo deve lembrar do sumido “Barebacaw” … uma figuraça … rs
    trouxr aqui um comentário feito por ele para outro Tempra (o segundo lá de cima … ) apreciem … rs

    BAREBACAW WELBOUNDOWN Respondeu:
    14 maio 2010 às 5:56

    UAL EÇAS TRENPA SAO O ORO DE TOLO MESMO ERA O ORO NOS ANOS 92 QAMDO LANSSARO ELE MAZ DEPOIZ FICO O ORO DE TOLO MEZMO PORQE ERA CON CARBURADO AO INVEZ DE INGESSAO DE CONBUSTIVEU EMTAO FOI COFUNDIDO COM AUFA ROMEU E DANOUÇE NA VIDA SEM FUTURO POIZ UN É OUTRO E O OUTRO É UN E AÇIN FICARO COM PROBEMAS DE VEDASSAO DAS PORTAZ E COM ÇUSPENSSAO RUIN DE AMLUMINIU QUE EMTORTAVA FACEU NOS BURACO E O PO EMTRAVA DIRETO NO IMTERIOR E OS GRAND FINOS FICAVO BRABO CON O ACABAMENTO E DEICHARO DE CONPRA O TRENPA E ÇE DIÇIDIRO PELOS ÇANTANA E OMEGA QUE ERA MAIZ CARO MAZ MAIZ COMFORTAVEU E BEIN FEITO E ENTAUN OS FIATE FICARO VIRAMDO MICO E O MICO MEU TA ATE OGE NAZ RUAZ DAZ ÇIDADEZ APRODEÇENDO E ESTRAGAMDO TUDO O QUE PODERIA ÇER UM BELO MEIO DE TRAMZPORTE PRA 5 PEÇOAZ CON COMFORTO NOZ ÇEUZ BAMCOZ DE VELUDO DE LUCHO FUIZZZZZZZZZ

    [Responder]

    • Louvável a dissertação em português impecável. Invejo a redação deste cidadão, quisera eu ter um português tão bom assim…

    • Aqui perto de casa tem um 2 portas vermelho mas não é o Turbo, é um 16V! Muito raro. E milagrosamente está inteiro.

  5. Só teria se fosse o tempra Turbo, e mesmo assim na cor vermelha.
    E algumas modificações na suspensão para não rodar nas curvas.

  6. Já está quase mais difícil ver um Tempra do que um 147 nas ruas…
    Eu tive um 92 carburado! O interior era bacana, na época era bem mais atraente que o de um Monza ou Santana (seus concorrentes diretos), mas por outro lado era praticamente um Alfa Romeo TI4 com carroceria “moderna”, desempenho de Opala 4 cilindros e consumo de Dodge V8. Resume bem um Tempra dos primeiros…

  7. Esse é bem normal de se achar na rua abandonado, quando vi a foto, senti uma normalidade sem tamanho, quase nem vim comentar uahuhauhuah

  8. meu primeiro carro foi um tempra ie 8v 1996.o carro é bem novinho e conservado.fiquei com com ele 4 anos e não tive nenhum problema sério com ele.viajei de são paulo até na paraiba,são mais de 3.000km em 3 dias de viagem.o carro veio numa boa e ainda rodei muito aq antes de vende-lo,hoje possuo um fiesta hatch 2004 1.0,sinto saudades do meu temprão.queria pegar um hlx ou um turbo se achasse um em boa condições.

Os comentários estão fechados.