39 thoughts on “GM Astra, São Paulo, SP. Foto de André Barini.

  1. esse não parece que tá Astra gado …
    vai var que o dono se empolgou jogando can Astra e esqueceu da vida …
    ou Astra sou o IPVA …
    pode ter sido também alguma peça trocada de forma des Astra da …
    pelo menos não Astra palia o trânsito …
    seria um 94/95 ?

  2. Acho que é um 95! Meu irmão teve um desse era uma maquina, todo completo…ele só tem um problema…na hora de vender vc perde muito, ele por exemplo perdeu quase 3000 reais na venda dele… Mas adotava facin!

    • ah ah ah … nunca tinha pensado nisso, Marcos .
      As calotas tem a função de enganar o povo …
      feito os políticos …
      calotas Renan, calotas Senado ou calotas Congresso …
      escolha a sua …
      não tem muita diferença nos modelos pois são feitas por “caloteiros “

        • Caro Marcos, tenho andado meio “revoltoso” com os políticos daqui …
          Está saindo de viagem para os Estados Unidos uma “comissão” de políticos para “aprender” como tirar carros velhos das ruas . Nos EUA Mr. president Obama patrocinou um “subsídio” na compra de um carro novo. O chamado “cash for clunkers” dá X dólares de abono desde que vc levasse seu carro a uma concessionária ou a uma empresa “especializada” e efetuasse a troca .
          Triste é ver carros ainda em muito bom estado (melhores até do que a maioria dos que andam por aqui) terem seus motores fundidos afim de não serem reaproveitados … (coisa de malucos !!!)

          Pergunto : “a quem interessa issso ?”
          Á indústria automobilística em “perene crise” e ao governo beneficiário dos impostos …
          Ao consumidor resta trabalhas x dias ou meses a mais por anos para “repor a bagaça” …
          Péssima “equação” a meu ver …
          Porquê não “equacionar” de outra forma ?
          1. Porque a indústria automobilística não é “instigada” a fazer carros com plataformas mais duráveis e que pudessem ser submetidos a um “upgrade” nas próprias concessionárias ? Por exemplo a cada 5 anos vc vai à concessionária de sua marca e lá a “casca” (carroceria) é removida e substituida por outra nova. No mesmo local o desmonte seletivo é feito em parceria com a fabrica e as peças encaminhadas a um melhor reaproveitamento . Assim como as partes mecânicas nos casos de necessecidade.
          2. Não quer fazer o “upgrade”, ok ! Vá à concessionária e substitua apenas o que o checkup recomendar como itens de segurança ou manutenção.
          Os inconvenientes:
          1. As fábricas deixam de faturar um montante “substancial” e vão fazer terrorismo ameaçando com a diminuição de empregos.
          2. O governo vai deixar de arrecadar montanhas de dinheiro e chiar um bocado.
          VANTAGENS.:
          1. consumiremos menos e com menos danos ao meio ambiente. Gastaremos menos para mantermos nosso “patrimônio rodante” ( que não deveria ser considerado um “patrimônio” e sim apenas um facilitador de deslocamentos.
          2. Um veículo pesa em média uns 1.200 kg … já imaginou quanta matéria prima estamos usando para “repor” e jogar fora ?
          A meu ver a “equação” visa apenas interesses que não refletem o do consumidor final …
          a seguir link para o programa “escroto” (com todo o respeito, pois gosto do Obama), para tirar os carros velhos e deixa-los inaproveitáveis.
          Ps.: há uma infinidade de “assassinatos” de carros fantásticos , este é apenas um entre eles … (volvo)
          abraços

          http://www.youtube.com/watch?v=waj2KrKYTZo

          • O suprasumo do escroto é triturar (desculpaí homem do ferro velho) carros que ainda poderiam estar em uso e fico pasmo que façam uma “massaroca prensada” com lata-vidros-metais-rodas-pneus …
            O que se aproveita dessa bostha toda ???
            Não seria mais inteligente o desmonte racional até mesmo separando por materiais ?
            O sistema não quer mais “reaproveitamentos” é apenas um devorador inconsenquente de matéria prima (com menos mão de obra possível) pois o que dá lucro é o produto robotizado .
            O consumidor é que se lasque em repor o que a absurda e imoral obsolescência programada produz …
            Os governos hoje não representam mais os cidadãos e sim são “JOINT VENTURES” das corporações …
            Se não nos organizarmos, em breve estaremos inaugurando uma “Nova Era” de sub-escravagismo ao sistema de crédito-financiamento e correlatos, onde seremos os personagens “principais” … rs
            Ps.: Repararam como os “custos” dos governo aumentaram para os cidadãos ? assim como nossos custos de moradia e manutenção ? Que as tais “fidelizações” a esta ou aquela operadora de qualquer natureza nos dão absolutamente “de gratis” algemas douradas ?
            Até aqueles “clubes de café” das inocentes maquininhas sofisticadas , são na realidade grilhões subliminares nos atrelando à marca ?
            É tempo de sermos “outsiders” ou sucumbiremos ao rolo compressor das massas …
            Ps.: mais um vídeo dos “clunkers”

            http://www.youtube.com/watch?v=THqnKKLD2rw

          • Cara! pensei em um monte de respostas longas
            e interessantes pra esses livros que vc escreveu ae(risos)
            mas na verdade…ONDE É QUE EU ASSINO???? eheheehe

  3. Esse Astra importado da Espanha é um carro muito bom, mas é uma bomba no quesito peças de reposição, principalmente quando se trata de ítens de acabamento e carroceria….eu não tenho coragem, mas talvez alguma alma caridosa ainda pretende colocá-lo de novo na ativa um dia…..

  4. É importado da Bélgica e não da Espanha, somente 1995, tive uma perua que é muito mais rara.
    Um ótimo carro em muitos aspectos, porém pesa a dificuldade de repôr peças de acabamento e lataria, esse da foto está muito inteiro e vale uma boa grana em desmanches! Inclusive tem os raros frisos laterais. Mecânica é bem simples igual à do Monza. Parte elétrica também é fácil pois a maioria dos botões e chicotes são emprestados do Corsa.

  5. Uns dizem que é bom, outros dizem que é mico….conheço gente apaixonada por esse modelo, assim como tem gente que gosta do Polo Classic e do Golf Importado….
    É a mesma história para todos, mecânica se acha por aqui, reposição de acabamentos, latarias, lanterna e farois, só a peços altissímos, e na hora da revenda, o preço é de banana….
    É carro para quem gosta do modelo, pois é casório certo, e o da foto, dependendo do que for, está muito bom de lataria, e acho que volta sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *