22 thoughts on “GM Chevette, Canoas, RS. Foto de Cláudio Mineiro.

  1. Esse modelo é o mais bonito dos chevetoso, alguem poderia abraçar esta causa ai… pra mim acho que tem volta… já vi bem piores rodando.

  2. A curiosa coincidência é que este está em CANOAS e o Fiat 147 do post anterior estava em “BARCAÇA” … e ambos são da mesma década …
    este é branco sobre o fundo azul da casa …
    o outro era azul sobre o “branco” da areia … rs

    E dá lhe Grêmio !!! rs …

    Não é a toa que até o BARCOS foi para lá … rs
    ah ah ah …

  3. Esse Chevette deve estar com o interior parecido com jaula de macaco, sem esses vidros laterais e com esse “cochinil” verde lindo no banco…..imagine o assoalho como deve estar de limbo e bolor……sei não, parece muito amarrotado de lataria e cheio de massa…….deve ser uma verdadeira pastelaria……..mas se tiver algum doido que abrace a causa, talvez volte……eu particularmente acho que não compensa…….

  4. Minerim e Danilo copiei os comentários que vcs fizeram na “segunda página” aquela que aparece quando a gente clica em cima da foto.
    Nesse caso os comentários ficam registrados naquela página e não nessa .
    Garotada atenção !!! Antes de “postar” vejam se estão na página certa !
    abç a todos … FUIZZZ … ( homenagem ao sumido BARABACAW …rs )

    2 Comentários em “ClaudioMineiro-Chevette-Canoas-RS”
    minerim:

    17 abril 2013 às 9:23
    Só para doador. A estrutura já tem muita massa plástica e corrosão. Só retirar as peças que podem ser aproveitadas e depois liberar a carcaça para o barbudo dar um fim ecologicamente correto nessa jaca.

    [Responder]

    Danilo:

    17 abril 2013 às 9:36
    Acho que tem chance pela raridade do modelo….é só trocar a porta cheia de massa que fica alinhado já!
    Esse modelo é o mais bonito dos chevettes, e merece a chance sim!

    [Responder]

  5. adoro esse modelo, mas a maresia fez seu papel….

    Aqui em 6 meses comeu o escape do pointer, o abafador já era…

    E OLHA Q É GARAGEM COBERTA !!!

    MARESIA WINS, FATALITY !!!!

    Pode mandar o barbudo vender pó de ferro desse ai…

  6. Adoto o Tubarãozinho… gasto uma grana com funilaria, arrumo um 4cc de opala, um diferêncial de verdade, e uma mecânica turbo de verdade.
    E pronto, taco uma tinta azul original dele de época, e as rosinhas originais com calotas, só que mais largas, e taca suspensão fixa e deixa arrastar…
    E pronto. ta feito um carro de verdade.

  7. Modelo idêntico ao meu tubarão 1974, inclusive a cor, Branco Everest. Quando ganhei de meu pai o meu carro, logo que peguei minha carta, ele possuia estas belas rodas de aço e depois de um tempo troquei-as pelo modelo original, aquelas que se colocam as calotas de aço inox. As que vieram nele estão guardadas e não me desfaço delas de modo algum. Esse carro volta fácil, possui muitas peças de reposição que são baratas e fartas e como muitos não acreditam, ele volta e compensa o investimento, principalmente no prazer e satisfação de quem o guiará. Amo esse carro. Abraço a todos.

      • Olá sr. Valério. Sim o design é mesmo da GM alemã (Opel), que foi lançado no Brasil 6 meses, abril de 1973, antes da Alemanha (Outubro de 1973).Lá esse modelo é conhecido como Opel Kadett “C” e possui também muitos admiradores. Também foi produzido na Inglaterra pela Vauxhall com o mesmo nome que no Brasil. No Japão e Austrália era Isuzu Gemini. Nos EUA também com o nome de Chevette, na Argentina era o Opel K 180. No Canada era conhecido como Acadian. O carro já era de “plataforma” mundial nessa época, antes de ser difundido o termo para fabricação de carros de mesma base em várias partes do mundo. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *