16 thoughts on “Renault 19 RT, São Paulo, SP.

  1. Se está parado, é porque tem encrenca séria, de documentos ou mecânica……e quem é louco de comprar uma briga dessas…??

  2. Meu colega tem um desses, pense em um carro q não sai da oficina e quebra toda hora, taí: o renault 19…

    Tenho até dó do cara… o carro já chegou a pegar fogo…

  3. Para adotar esse aê ?? Por mim chama o barbudo do ferro velho e eu pago até o caminhão reboque para leva-lo até o moedor ou a prensa para ele dar um fim nessa coisa.

  4. Isso aí é bronca feia… A mãe de um amigo meu tinha um desse, dessa mesma cor… Certa vez precisou fazer manutenção nos freios, adivinhe: 700 reais foi o custo com pecas, fora a mão de obra… Por mim pode moer esse aí que nao faz diferença nao…

  5. Manda para mim que eu tenho utilidade para ele….faço funcionar e ponho para correr no Demolicar…..não vai sobrar nada…..depois pode mandar para o Barbudo….

  6. Meu colega comprou um por caridade,pagou 4 mil em suaves prestações,mas o carro estava bem cuidado,mas o antigo dono não conseguia vender de jeito nenhum. Djeito que ele pegou o carro somente trocou os freios,óleo e filtros,uma bomba de combustivel também deu pane.e só,ele ja esta com o carro a us 4 anos,o usa pra ir ao trabalho,até o ar funciona,mas ja ta bem baleadão.

    Este eu não adoto não.

  7. Muitos abandonados desses por ai…..é bom até quebrar, pois ai não para mais…além do mais é feinho….
    Talvez volte, no mais doador p/ outros que apreciam essas bombas

  8. Meu tio teve um Renault 19, e posso lhes assegurar: é um carro muito bom. Só que com o tempo, ele passou a dar problemas. Ele possui uma falha no projeto de fábrica. O motor de arranque dele fica localizado numa posição muito ruim, e a proteção térmica dele não consegue suportar o calor,de forma que este esquenta muito e acaba estragando. Resultado: o exemplar do meu tio teve vários problemas com o motor de arranque.

    Foi esse carro que o meu tio deu em troca de um VW SP2, rodando, em bom estado, documentação em dia. E isso foi lá pelos idos de 2007. Depois eu acabei ficando com o SP2. Foi um bom negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *