12 ideias sobre “Renault Clio – by Danilo, Diadema-SP

  1. Sucata depenada e abandonada na rua, sujando e poluindo…R$0,19 o quilo e dou uma destinação adequada para ele…5 minutos e vira um cubo de ferro de 1,5 X 1,5 mts…

  2. Esta geração do Clio,o Peugeot 106 juntamente com a 1º e 2º geração do fiesta vendidos no Brasil, é uma disputa das brabas pra saber qual deles são os mais feios, este eu passo.

    • Porém o Pug 106 é um bom carro, econômico e quase não quebra… e eu teria um sem pensar duas vezes.
      Imagina aquilo com um 2.0 16v que vinha naqueles Peugeot 306 e no Xsara VTS… Deve virar uma coisa bem legal de dirigir…

      • Robustos todos modelos acima citados são, principalmente este clio e até mesmo sua geração posterior, o problema mesmo é o visual e a manutenção basica , que tem de ficar adaptando peças de outros carros.

  3. Este Clio está abandonado ai faz tempo, esses dias mudou de lado da rua, está sendo lentamente depenado, não acho tão feio assim, e nem tão ruim, minha vizinha tem um 98 1.6, desde zero, já rodou muito, é argentino, e aparentemente continua bom, o motor, de aparência parece o cht, e o dela tem até direção hidráulica.
    O da foto, acho que já era, mas que está a quase um ano ou mais nessa situação, isso está!

  4. Como disse ali em cima, o Peugeot 106 é muito bom, e o clio também é.
    Já vi gente dizer que isso aí faz 17 km/l na cidade e que as peças são fáceis de encontrar e são baratas também.

    Mas como eu só penso pelo lado divertido da coisa, no ultimo trackday no AIC um desse aí 2 portas virou 4 segundos mais rápido que eu. Confesso que na hora pensei em arrumar um desse aí.

  5. Carro guerreiro e economico com o conforto frances. Mas esse ai ja era. o Homem mau pode cuidar dele depois de retirar o que sobrou para fazer umas Dilmas…

  6. Uma coisa que eu não entendo, aliás até entendo:

    Os Clios mais antigos possuem um acabamento bem superior aos mais novos. Inclusive eles vinham com a opção de motorização 1.6, e hoje só oferecem 1.0, pqp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *