19 thoughts on “VW Santana, BY Gustavo, Garulhos-SP

  1. Esse com certeza era carro de “mano vida loka” que usou até o talo e quando quebrou alguma coisa mais cara ou complicada de arrumar, resolveu abandonar o coitado…e estou junto com o amigo Tiago…eu também não como pastel aí de jeito nenhum…

      • Branco Nakar é o nome daquela maravilhosa cor. Já na linha Ford chama-se Branco Nevada. Alguns GLS também vinham com os maravilhosos bancos Recaro! Meu pai teve um GLS 1992 2 portas com tudo isso, mas era prata. Lembro ate hoje a placa BHH 2100!

  2. Pastelaria “Ericka”. Assim mesmo, com CK.
    Sorvetes, pastéis, mini-pizza, brotinho.
    Os pastéis são fritos no óleo do motor do Santana.
    🙂

    Mas que lugar estranho, uma rua bem larga no meio de uma periferia.

  3. Eu adoto, pode estar rachado por baixo, com motor fundido, sem muitas peças, rebaixado.
    Esse modelo é raro de ver 2 portas, com certeza eu daria um trato nele.

  4. Me surpreendi com os comentários, acho que o santana é um dos únicos carros que o povo não reclama e o gol GTi( as primeiras versões 8v) tenho um Quantum Sport 90/90 e é um carro espetacular pra viagens, com todo respeito ao corolla, mas o Santana é melhor. O problema é que o Santana ficou defasado e não se atualizou e com isso o povo adotou o corola e a pálio weekend ( as mais vendidas são 1.4 pq 1.8 ou 1.6(atual) é só pra dono de posto). Santana foi um carro tão bom que se dependesse dos taxistas ele não deixaria de existir, ele está voltando mas não será o mesmo em nada, de um acabamento luxuoso pra época (e sinceramente até pra atualidade, se comparado com os populares) vai vir com aqueles plásticos de 1,99…um pena!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *